Vrummmm

O vento tentando me derrubar,

bate no meu peito,

empurra forte, empurra devagar,

me lembra: esteja atenta,

mas aprecie o que te envolve,

o verde, o azul, as ruínas, o novo.

O cheiro do asfalto.

Ainda assim, sou eu que marco o passo,

com a mão direita.

Espreita.

Tudo ainda novo. Não confio,

mas vicio.

Entendo a preocupação no passado.

Coisa de homem,

blah .. deixa pra lá

nada disso é pra um só.

Rebelo: Chega de Carona!

O tempo é curto demais.

e tem o clichê da vida ser uma

e ponto final.

Escrito por

... sou a eSTRANGERa. Dona de Casa. Motoqueira. Curiosa. Fiz o caminho inverso e gostei. Tempero a vida com uma pitada de romantismo. Sometimes I fly!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s