3

Quem diria que um dia…

IMG_0073

… eu teria um “escritório” sobre rodas. Isso mesmo, duas vezes por mês é assim que vou às compras: caderno, caneta, e meu bloquinho de cupons. ADORO. Aprendi cortar os cupons com a minha sogra, que é quem me repassa os inserts que vêm no jornal de domingo. No começo achava um saco, era super desorganizada. Mas com o tempo fui aprendendo me organizar, fazer a lista de compras, e recortar os cupons que preciso. Nada, nada, chego a receber de volta mais de $20 dólares em descontos por compra (faz a conta ai com o dólar no valor do real e veja o tamanho da economia).

Meus preferidos são cupons para produtos de limpeza e beleza, e o da ração da Sammy (nossa filha de quatro patas). Muitos dos cupons para comida só podem ser usados quando levo dois ou três do mesmo produto ou produtos de uma mesma marca (por exemplo cereal: o cupom só vale quando levo três caixas). A lista de compra facilita na organização dos cupons, porque sei quais precisarei e posso já deixar separado pra quando chegar no caixa.

Estou longe de virar uma louca dos cupons, como os protagonistas do Extreme Couponing do canal TLC. Na verdade, não tenho a mínima intenção. Mas com moderação e dentro das necessidades da minha família, super vale a pena.

E você não precisa ser “estrangera” pra entrar nessa onda. Se estiver passeando ou de viagem marcada para os EUA, faça sua lista e procure os cupons no site das marcas e produtos que tem interesse. Depois é só imprimir ou salvar a imagem com o código de barras no seu smartphone.

Dúvidas?.. deixe um comentário com sua pergunta que eu respondo e te ajudo.

Até 🙂

0

Se você vem pros EUA pra fazer compras…

… prepare-se, porque é possível economizar bastante se você tirar um tempo, antes da viagem, pra programar suas compras. A dica é:

1. faça uma lista dos produtos nos quais você está interessada(o): roupas, sapatos, produtos de beleza, eletrônicos, comida, coisas para sua casa, etc

2. depois liste as marcas e os estabelecimentos que você pretende visitar,

3. e então sente na frente do computador e cadastre-se nas lojas e nas marcas que você têm interesse.

É muito comum fazer compras com “cupons” por aqui. Esse papéizinhos ou códigos de barra que você pode apresentar direto no seu smartphone, ajudam a economizar um bom dinheiro e, quando não dinheiro, a posse deles pode te garantir um brinde no final da compra. Também é comum encontrar promoções do tipo: compre um e leve o segundo com 50% de desconto. Nestes casos, os itens que estiverem na promoção não precisam ser os mesmos, mas é importante você saber que sempre pagará o preço cheio da peça com maior valor. Vou dar um exemplo prático: há algum tempo a Victoria Secret fez uma promoção assim para sutiãs e tops de ginastica; peguei quatro peças – dois tops e dois sutiãs -; os sutiãs tinham o valor menor assim quando passei pelo caixa iria pagar o valor inteiro nos tops e metade em cada um dos sutiãs. Acontece que a economia seria maior se eu levasse um top pelo valor inteiro e o outro pela metade, e um sutiã pelo valor inteiro e o outro pela metade. Mas como a política da loja é cobrar o valor inteiro da(s) peça(s) de maior valor, a solução foi fazer duas compras separadas: primeiro os tops e depois os sutiãs. Assim consegui guardar um extra de $5.

E não é só para os produtos que você pode encontrar cupons. Grande parte dos restaurantes também disponibilizam cupons para a freguesia. Redes como TGI Fridays, Applebees, e Olive Garden oferecem vantagens para quem se cadastra em seus programas de pontos via web-site ou aplicativo.

Por isso é importante estar atenta(o).

Se você tem um smartphone pode baixar Aplicativos que trazem o cupom direto no seu celular, sem a necessidade de imprimir os códigos. É só ir na “Loja de Aplicativos” do seu telefone e dar uma busca por cupons. A maioria das marcas e grandes lojas de departamento têm aplicativos. Vale para um jeans, vale para uma compra inteira. Como sugestão uso muito os aplicativos RetailMeNot e Coupons, é como se carregasse uma pasta cheia de recortes que posso checar sempre que vou as compras. A rede Target disponibiliza o aplicativo Cartwheel, que mostra quais itens da sua lista de compras que têm descontos e vantagens. Daí é preciso scanear o código de barras para fazer a lista e depois, no caixa, é preciso apresentar o telefone com o seu código pra ser scaneado e ver de quanto foi a economia.

IMPORTANTE: mesmo que você opte por deixar seu smartphone desligado pra não pagar as altas taxas de roaming internacional, especialmente quando usar dados, por aqui a grande maioria dos hotéis e estabelecimentos comerciais oferecem Wi-Fi.

Outros sites que valem a pena checar para se cadastrar:

  • Bed, Bath and Beyond – TUDO pra casa. Normalmente oferecem um cupom de 20% em um item da sua compra. Algumas lojas da rede aceitam mais de um cupom por transação. A rede tem também a Buy, Buy Baby com artigos pra crianças que vão de fralda à móveis.
  • Ulta.com – mulherada de plantão esse é um dos paraísos da beleza – maquiagem, produtos de cabelo, produtos para unhas, perfumes, enfim… um lugar onde o tempo voa e você não percebe. Com o cadastro você pode receber cupons via email, e se cadastrando você entra no programa de pontos, que podem virar desconto em outras visitas.
  • Toys R’Us e Babies R’Us – para bebês e crianças, faça um cadastro no site para receber os cupons via email.
  • Carter’s e OshKosh B’Osh – roupas de bebê e criança. Os cupons só podem ser usados nas lojas das marcas.
  • DSW – sandálias, botas, bolsas, chapéus, tenis, alegria alegria alegria… com o cadastro você receberá cupons via email, alguns com descontos de $10 off na sua compra.

Esses são alguns exemplos. Praticamente toda grande loja de departamento terá seu programa de valorização do consumidor e vale a pena checar antes de partir para as compras.

Até 😉

0

Lenço de Papel

Essa é uma daquelas semanas – “Criança Doente”. Eu tento e tento evitar falar sobre maternidade nesse blog, especialmente porque não quero cair na mesmice e clichê de escrever sobre “ser mãe” depois de ter me tornado uma. Mas tem horas que escrever (pra mim) é o melhor remédio. Porque quando seu filho está doente, acredite… você pode ser quem mais precisa de remédio.

Criança doente é cansativo, frustrante. “A bem da verdade” (como diriam os mais antigos em minha terra): é um saco! Tira a família inteira da rotina, detona com seus planos e o pior faz com que você sofra de forma inexplicável. Enfim.. cá estou tentando uma dose de desabafo pra ver se passa.

Meu pequeno homem está resfriado. Nariz super escorrendo e uma tosse que só vem quando é de noite e ele já está dormindo. Engraçado isso né! Passa o dia brincando, sem tossir, mas quando dorme lá vem ela – COUGH COUGH COUGH… e como ele ainda não sabe o que está acontecendo, porque a tosse é acompanhada de catarro e ele fica perdido com esse fluxo estranho na garganta, dá-le chorar, tossir, engasgar, enfim.. madrugada a dentro uma diversão só.  E eu dormir que é bom.. hã!!!

Não fosse só a falta de sossego noturno, tenho descoberto que quando um filho pequeno fica doente, você (mesmo que esteja na mais plena saúde) vai parecer doente também. Por que? Bom..

Kleenex "Cool Touch": com loção hidratante e sensação refrescante. Parece slogan de creme para barbear, mas é ótimo pra não irritar o nariz.

Kleenex “Cool Touch”: com loção hidratante e sensação refrescante. Parece slogan de creme para barbear, mas é ótimo pra não irritar o nariz.

primeiro porque você desenvolve olheiras. Depois resolve que é melhor ficar de pijama o dia inteiro mesmo, já que dificilmente sairá de casa carregando uma bomba de germes (especialmente nesse país). Seu principal companheiro torna-se um pacote de lenço de papel e mesmo assim, se seu filho está em idade de colo, parte da sua roupa também parecerá um lenço de papel. Com todo esse estímulo, maquiagem, batom e cabelo arrumado tornam-se algo com os quais você sonha (nos poucos minutos que consegue dormir).

E aí, pra terminar, quando a criança finalmente melhora, você nota que sua garganta está raspando um pouquinho e que seu apetite se foi e que … cough cough cough!!!! …

Até 🙂

0

de unhas prontas

foto de unha não convencional pra combinar com o esmalte mais prático do mundo

foto de unha não convencional pra combinar com o esmalte mais prático do mundo

Aqui vai uma dica legal pra quem gosta de unha bonita e não tem muito tempo pra esperar esmalte secar: a nova linha “Salon Effects” de apliques, da Sally Hansen®. Os apliques são confeccionados com esmalte de verdade (até o cheiro é o mesmo), duram pelo menos uma semana, são práticos de colocar e dão um efeito super bonito na unha.

Pra quem mora por aqui ou pra quem está de viagem marcada pra cá vale a pena parar em qualquer super farmácia ou nos hipermercados e estocar nos produtos. A linha oferece cores sólidas e diversas opções em “nail art”. Em 30 minutos você estará de manicure pronta.  Depois, quando chegar a hora de tirar, é só usar acetone ou removedor de esmaltes.

A Sally Hansen® oferece, ainda, um monte de outras opções pra manicure, pedicure e beleza. Além dos vários tipos de esmaltes, a marca tem produtos pra facilitar a hora de deixar as mãos e pés lindos – de creme que “derrete” a cutícula até spray de bronzeamento para pernas (eu já testei e adorei). Um dos grandes hits da marca no momento são os kits com luz UV para unhas gel, que você irá encontrar nas versões pra esmalte ou pra “nail strips” (que são os apliques).

Pra saber mais confira o site da Sally Hansen® e se estiver interessada ou interessado em algum produto me escreva. Até 🙂

0

uma questão de “timing”

As vezes o timing do mercado americano me assusta. Pra você ter uma idéia, o inverno nem bem começou; faz uma semana que as temperaturas por aqui praticamente não ultrapassam os 0˚C; nas cidades dessa região os montes de neve acumulada nas ruas e estacionamentos são verdadeiras montanhas (em alguns casos, mais altas que as próprias construções) e, então, pra surpresa dos consumidores mais distraídos bíquinis, maiôs, saídas de banho e toda a moda praia necessária já começam ser exibidos nas prateleiras. Já os itens de frio, pasmem, somem. Desaparecem.

Tudo bem, essa pode ser a lei da selva capitalista  e, enfim, esse é o berço de tal regime. Mas bom senso não faz mal. Até va lá, colocar os artigos de primavera/verão pra fora, especialmente, nos estados de calor e nas cidades de grande fluxo turístico. Mas quando não encontramos roupa de frio, quando a temperatura é de -11˚C, aí vira piada. O pior que esse caso serve apenas de ilustração. Esse é um país temático e é preciso estar no ninho da vida americana pra entender o que eu digo. Praticamente tudo gira em torno das festividades. Não entendeu? Vou explicar.

Bom.. acabamos de passar o Natal. Então saem as luzes e entram os corações, Valentine’s Day é dia 14 de Fevereiro. Depois saem os corações pra dar lugar aos trevos e às tradições irlandesas pra se comemorar, no dia 17 de março, St. Patrick’s Day. Daí tudo se pinta em tons pasteis, como se uma maré de baby colors invadisse a paleta de cores, é Páscoa. Então chegam os meses de patriotismo, amor a bandeira e as cores azul, vermelha e branca: 4 de julho, verão, férias. Em agosto, é hora de substituir a alegria do verão pelos tons de outono – marrom, abóbora, amarelo, vermelho – e, por falar em abóbora, o tema é Halloween, seguido bem de perto por Thanksgiving (Ação de Graças). Passado Thanksgiving, é hora de deixar tudo vermelho e branco, de combinar o cheiro de maçã e canela com a decoração de Natal. Aliás, de setembro até fevereiro, o setor de decoração temática de absolutamente todas as lojas desse país é invadido por Caveiras, Perus e Papais Noel.. uma loucura.. tipo todo mundo brigando por um espaço na prateleira. E então… bom, daí começa tudo de novo.

aromatizador Bath and Body Works – “Spice”

Essa troca da decoração, quase que uma devoção aos eventos do ano, é parte do comportamento local. Salvo exageros, muito bacana de observar. Do Halloween ao Natal, as cidades ficam lindas, coloridas, iluminadas. Super convidativas pra caminhadas e passeios de carro. E não é só o visual que muda. A decoração é multi-sensorial: pra cada estação e celebração do ano existe um cheiro, que pode vir de uma vela, de um difusor ou de sprays. Opção é que não falta. Pra mim… as velas de Maçã e Canela são imbatíveis no quesito “lar doce lar”. Se você estiver interessado procure pelos produtos da Yankee Candle ou os aromatizadores da Bath and Body Works.

Decoração e Aromas a parte. Se você está a passeio pelos EUA, fica a dica: essa é uma excelente época do ano pra fazer compras. As lojas querem eliminar seus estoques de inverno, os produtos que não saíram no Natal e estão de olho nas tendências do verão conforme o que vende mais. Prepare o bolso e, pra não cair em muita tentação (o que é dificil), faça uma lista das coisas que você realmente está procurando. Bom.. mas mais sobre esse tema, em outro futuro post. Até 🙂